Acontece na Lusófona – Maio 2022

Ensino Lusófona em alta!

No dia 13 de abril, foi eleita a chapa, encabeçada por António Montenegro Fiúza – Chief Executive Officer (CEO) do Grupo Lusófona Brasil, o maior Grupo Português de Ensino Superior, para a Diretoria da Câmara Portuguesa do Comércio e Indústria do Rio de Janeiro


Tâmara Carvalho de Freitas, recebe Louvor pelo seu trabalho

No dia 08 de abril, ao final da tarde, a equipe docente da Faculdade Lusófona de SP se reuniu na recepção para homenagear a nossa funcionária, Tâmara Carvalho de Freitas, com Louvor pelos desafios, qualidades, organização e rigor com os compromissos que lhe foram desafiados.


Nómadas do pensamento

Por: Paulo Mendes Pinto: comissário do Nómadas do Pensamento

A cultura é o caldo mental em que nos movemos e com o qual concebemos aquilo de que somos capazes.

Após as crises económicas que abalaram o arranque deste século, juntam-se, hoje, os fantasmas de tempos de guerra que pensávamos ultrapassados e que nos conduzem a uma necessidade de regressar ao básico e de pensar o fundamental. A cultura é, hoje, sinónimo do posicionamento que uma sociedade toma para si mesma, espelho do lugar onde quer estar para o futuro.

Não só a cultura é parte dos setores produtores de riqueza que uma sociedade não pode colocar de parte, como cada vez mais se toma consciência do seu papel nas dinâmicas da criatividade, da tomada de consciência e na possibilidade de uma sociedade ser livre. Cultura é sinónimo, já não de diversão ou lazer, como tanto era apregoado em tempos que felizmente já passaram, mas de capacidade crítica, de inovação e de vanguarda. A cultura é libertadora e é inovação.

Indo muito mais além do tradicional quadro mecenático, as empresas precisam hoje de assumir o seu papel de liderança na forma como desafiam a sociedade, criando inovação, consolidando uma mentalidade que aceita desafios, que corre riscos e que acredita que podemos melhorar. Mais do que uma “responsabilidade social” espelhada no simples apoio aos desfavorecidos ou à cultura, pede-se hoje ao empreendedor que seja agente na mudança da sociedade, pensando, ajudando a pensar e criando espaços para o pensamento.

Foi com estas tónicas que com o Pedro Abrunhosa propusemos ao município de Oeiras, através da livraria Verney da Divisão de Bibliotecas, o ciclo “Nómadas do Pensamento”, que ao longo de quatro sessões proporcionou debates com pensamento em ação, em direto e no momento, não conferencias preparadas com comunicações previamente redigidas.

O ciclo abriu com José Pacheco Pereira e João Magueijo que, no dia 8 de junho de 2021, refletiram connosco sobre um tema da máxima atualidade: “Ciência, Negacionismo e Fakenews: Os Desafios da Cidadania e do Pensamento”.

Em setembro, no dia 28, um par inesperado, mas de uma riqueza extrema, Luísa Costa Gomes e Adolfo Mesquita Nunes, levaram-nos para a complexidade d’ “A traição da memória?”.

Já em dezembro, no dia 15, Ana Gomes e Assunção Cristas deram-nos o prazer de nos levar pelos labirintos de “Falar no Feminino, num Mundo após os Feminismos?”

Terminámos este ciclo, já em 2022, a 29 de março, com um dueto improvável entre Carolina Deslandes e Richard Zimler, a embrenharem-se na profundidade da reflexão “Viver Religião. Interior. Exterior. Ser”.

Todas as sessões abriam com uma composição do Pedro Abrunhosa, interpretada por ele ao piano, que nos conduzia de imediato para a temática e para um estado de espírito propenso ao pensar.

Foram momentos que nos obrigaram a sair do espaço de conforto, catapultando-nos para a liberdade de pensar, para o ato de pensar no momento, de ser espicaçado e de ser obrigado, em resposta pessoal, a pensar, também.

Infelizmente, não é um modelo de evento que se encontre com frequência, mas a riqueza e o sucesso foram a garantia de que o modelo perdurará a novos “nómadas” que virão!


Estratégia e Parcerias

Reserva do Morro Grande (Faculdade Lusófona-SP)

No dia 11 de março, recebemos a visita do Secretário de Turismo, Nelson Broering, o Diretor de Turismo, Alexandre Maia e o Turismólogo, Renato Ferreira, no Câmpus da  Faculdade Lusófona-SP, com a presença do nosso Diretor-Geral Acadêmico para uma reunião sobre a Reserva do Morro Grande e a possibilidade da Universidade ser parceira em um grande projeto de valorização do Parque Natural.


POLO & FL-SP (Faculdade Lusófona-SP)

No dia 13 de abril, recebemos a ex-aluna, Joyce Costa Silva, da Faculdade Lusófona-SP, do curso de Engenharia Civil, para conduzir a Palestra, Aprovação de Projetos na Prefeitura de Cotia, em parceria com o POLO & FLSP.


Secretaria de Esportes e Juventude (Faculdade Lusófona-SP)

A Prefeitura de Cotia, através da Secretaria de Esportes e
Juventude firmou parceria com a Faculdade Lusófona-SP (Polo Granja Viana), com objetivo de propiciar acesso à Educação Superior aos alunos esportistas ou desportistas, aos servidores da Secretaria, estendido também aos responsáveis, filhos e cônjuge. Durante o mês de junho/2022, interessados em ingressar no Ensino Superior deverão comparecer ao Departamento de Juventude e retirar a Carta de Encaminhamento ao
processo de Vestibular. Após aprovação no vestibular, a parceria garante desconto de 60% nas mensalidades do curso escolhido. Para mais informações, compareça ao Departamento da Juventude, localizado na Rua Jorge Caixe, 441, 3º andar, ou através do e-mail: eventossecl@cotia.sp.gov.br


Universidade Federal Fluminense – UFF

Faculdade Lusófona-RJ.
Primeira reunião do grupo de pesquisa do curso do Direito RJ, em parceria com a Universidade Federal Fluminense ( UFF). Grupo : proteção de dados pessoais (vinculado ao CNPQ). O Líder do Grupo, Professor Dr. Plinio Lacerda (UFF), Coordenador do programa de doutorado em Direito, fez uma recepção dos alunos da lusófona e fixou os parâmetros da pesquisa


CCR Metrô Bahia (Faculdade Lusófona-BA)

Visita Institucional a CCR METRO BAHIA , a convite dos Gestores para alinharmos parcerias com nossos Cursos de Graduação, Pós graduação e Extensão, para funcionários e dependentes Presentes Ana Angélica, Professor Ubiraci e Professor Leonardo Teixeira


Vida Académica

Retorno às aulas 100% Presenciais (Faculdade Lusófona RJ)

No dia 07 de fevereiro, a Faculdade Lusófona do Rio de Janeiro depois de um período de muitos desafios, retomou suas atividades 100% presenciais. Foi um momento de emoção e alegria poder reencontrar a comunidade educativa e ver o campus novamente animado e repleto de olhares de esperança.
A diretora acadêmica, Profa. Dra. Ana El Achkar, deu as boas-vindas a todos e, juntamente com a equipe de coordenadores de curso, Profa. Me. Angela Maria Souza e Silva, Prof. Me. Lecler Victer e Profa. Me. Rosana Antunes e de nossa secretária acadêmica Profa. Me. Rosane Pires, acolheu os estudantes e apresentou a grandeza que vem a ser o Ensino Lusófona no mundo, presente nos três continentes: americano, europeu e africano.
Os alunos foram recebidos no auditório da FL-RJ ao som da música oficial do Ensino Lusófona Brasil – “Um novo tempo chegou!” de autoria da Kamila Tomazolli ex-aluna Lusófona, e vivenciaram dinâmicas motivacionais que objetivou reflexões a respeito deste momento especial de reencontros na vida de todos nós, além da possibilidade de crescimento pessoal e carreira.


Palestra Instalações Hidráulicas e Sanitárias (Faculdade Lusófona SP)

No dia 09 de março, aconteceu a Palestra sobre os problemas Recorrentes em Instalações Hidráulicas e
Sanitárias no auditório da Faculdade Lusófona-SP.


Pós-Graduação (Faculdade Lusófona-RJ)

Pós-graduação em PSICOPEDAGOGIA CLÍNICA E INSTITUCIONAL com foco em NEUROEDUCAÇÂO DA FACULDADE LUSÓFONA DO RJ
No dia 19 de fevereiro, reiniciamos a formação Lato Sensu em Psicopedagogia na FL-RJ. O 6° Módulo: Avaliação, diagnóstico e intervenção neuropsicopedagógica com a Profa. Leda Ferreira foi um sucesso. Nessa pós-graduação, nossos alunos recebem formação para se tornarem profissionais aptos a um amplo campo de atuação em: clínicas, escolas, setor de RH em empresas e na prática psicopedagógica hospitalar. Se você se interessa em compreender o processo de aprendizagem, observando todos os fatores que influenciam nesse sistema, venha estudar na Lusófona RJ! Aulas quinzenais aos sábados.


Pós Graduação (Faculdade Lusófona-RJ)

No dia 02 de abril, a turma da Pós-graduação em PSICOPEDAGOGIA CLÍNICA E INSTITUCIONAL com foco em NEUROEDUCAÇÂO DA FACULDADE LUSÓFONA DO RJ iniciou o 7° Módulo: Cérebro, Mente e Cognição: Aspectos Psicomotores e Aprendizagem com a Profa. Me. Juliele Ferreira.
A cada Módulo, nossos alunos recebem formação parca a integração dos aspectos afetivos e cognitivos numa verdadeira aliança, cuja finalidade é o processo de transformação do ser humano. Isto porque, o conhecimento neurocientífico tornou-se muito importante na educação, pois possibilita traçar estratégias mais efetivas na atuação clínica e educacional.
Venha participar dessas aulas maravilhosas!!!!
Aulas quinzenais aos sábados.


Dia do Livro (Faculdade Lusófona-SP)

No dia 23 de abril, teremos a transmissão via Microsoft Teams, o Evento Dia do Livro, com a obra da escritora Roseana Murray. Roseana Murray nasceu no Rio de Janeiro dia 27 de Dezembro de 1950, é formada em Língua Portuguesa e Literatura Francesa pela Aliança Francesa, Universidade de Nancy. Começou a escrever poesia para crianças em 1980, com o livro “Fardo de Carinho”, influência direta de “Ou isto ou aquilo”, de Cecília Meireles.


Dia Internacional da Mulher (Faculdade Lusófona-SP, RJ, BA)

O Dia Internacional da Mulher existe, enquanto data comemorativa, como resultado da luta das mulheres por meio de manifestações, greves, comitês etc. Essa mobilização política, ao longo do século XX, deu importância para o 8 de março como um momento de reflexão e de luta. A construção dessa data está relacionada a uma sucessão de acontecimentos.


A Faculdade Lusófona-BA, homenageou as Mulheres pelo seu dia.


Aniversário da Cidade  (Faculdade Lusófona-BA)

O aniversário de Salvador é comemorado no dia 29 de março, data em que foi fundada, em 1549, por Tomé de Sousa, governador-geral do Brasil.
Além de primeira cidade do Brasil, foi em Salvador também onde se constituiu a primeira sede da administração colonial portuguesa do nosso país, assim considerada a primeira capital do Brasil até 1763, quando a mesma foi transferida para o Rio de Janeiro.
Conhecida principalmente pelo Carnaval e pela sua gastronomia com influência africana, Salvador comemora o seu aniversário com música e muitos eventos culturais variados, tal como feiras de arte e exposições.
473 anos de História, com seus encantos e magia.


RESPONSABILIDADE SOCIAL

Ação na Cidade de Petrópolis (Fac. Lusófona do Rio de Janeiro)

Devido às chuvas torrenciais, a cidade de Petrópolis sofreu com muitos danos. E nós, do Ensino Lusófona, pudemos contar com a colaboração de nossa comunidade educativa e demais membros da sociedade civil na arrecadação de itens que a população atingida necessitou. Reiteramos nossa gratidão a todos que puderam colaborar.


Semana do Consumidor 2022 (Fac. Lusófona do Rio de Janeiro)

No dia 18 de março, os alunos do Curso de Direito da Faculdade Lusófona do RJ participaram da Semana do Consumidor 2022. Esta ação atuou enquanto um Mutirão da Conciliação em SG, promovido pela Comissão Permanente de Defesa do Consumidor Alerj ( Codecon). A Comissão é presidida pelo Deputado Fábio Silva. Os alunos do Curso de Direito da Faculdade Lusófona do Rio de Janeiro, sob a coordenação da Profa. Me. Rosana de Moraes e Silva Antunes participaram da ação em parceria com a Codecon.


Cidadania Itinerante (Fac. Lusófona do Rio de Janeiro)

No dia 26 de março a Secretaria de Assistência Social promoveu mais uma edição do projeto “Cidadania Itinerante”, no dia 26 de março das 9h às13h, e dessa vez foi no Campus Lusófona do RJ (Faculdade Lusófona e Colégio Paraíso).
A iniciativa foi criada com o objetivo de levar diversos serviços da pasta para os moradores da cidade de forma gratuita. Durante a ação foram oferecidos os serviços de orientação jurídica, isenção para certidão de nascimento, casamento e segunda via de identidade, emissão de CPF, direcionamento sobre Bolsa Família e Benefício de Prestação Continuada (BPC), orientação ao combate à violência contra as mulheres, aferição de pressão arterial, odontomóvel, corte de cabelo e recreação infantil. Além de todo acolhimento ofertado pela Lusófona RJ em suas instalações, a FL-RJ ofereceu atendimento Jurídico em conjunto com a OAB de SG, orientação e assessoria às pessoas com deficiência (PCD) e orientação profissional.


Projeto Malha Fina (Fac. Lusófona da Bahia)

O projeto tem como objetivo possibilitar que alunos do curso
de Ciências Contábeis e do Curso de Administração da Faculdade
Lusófona da Bahia – FL/BA desenvolvam habilidades mais realísticas
estreitando os hiatos existentes entre a teoria e a prática
possibilitando que o mesmo consiga fazer uma intervenção na
sociedade onde a FL/BA está inserida, prestando serviço gratuito ou
remunerado de orientação e elaboração da Declaração de Imposto
de Renda 2022.

No mês de abril estaremos fazendo atendimento na Praça Ana Lucia Magalhães na Pituba e no bairro de Sussuarana conforme convênio com o Centro de Direitos Humanos Franco Pelegrini em Salvador – BA (Coordenação do Prof Ubiraci Boa Morte.

No mês de abril o atendimento das comunidades do Projeto Malha Fina, Imposto de Renda 2022, foi na Praça Ana Lucia Magalhães na Pituba e no bairro da Pituba e em Sussuarana, conforme convênio com o Centro de Direitos Humanos Franco Pelegrini em Salvador – BA sendo supervisionados pelos professores e Coordenação do Prof Ubiraci Boa Morte


Institucional

Prezada comunidade educativa, saudações!

o Ensino Lusófona deseja que todos se sintam bem-vindos e acolhidos neste 2022, pois, após dois anos pandêmicos e de restrições, este é o ano do reencontro.

Aos nossos alunos, agradecemos pela escolha por nossa instituição.

O projeto “Ensino Lusófona”, congregando o conjunto de instituições de ensino superior indicadas, com destaque para a Universidade Lusófona, em Lisboa, instituição mais antiga que deu nome a todo o projeto, e que lhe serve de referência, partilha entre as suas instituições o objetivo de contribuir para o desenvolvimento científico, cultural e econômico de todo o espaço da língua portuguesa. Estas instituições congregam hoje mais de 75.000 alunos nos diferentes países de língua portuguesa e representam, na sua riqueza e diversidade, o lugar diferenciado que a comunidade de língua portuguesa ocupa no mundo. Com um claro desígnio internacional, o projeto “Ensino Lusófona” assume-se cada vez mais como um projeto de ensino superior de referência nas várias áreas em que atua.

Seguindo essa premissa, o “Ensino Lusófona” acredita e investe na máxima de que a riqueza cultural de um país provém da disponibilidade de seu povo realizar trocas culturais com outros povos, pois a identidade do “Ensino Lusófona” se pauta na crença de que não existe cultura construída por seres humanos que não esteja fundamentada em profundas trocas de alma.

Neste contexto, através da língua portuguesa, parte indissociável do imaginário lusófono de povos de Portugal, Brasil, Angola, Moçambique, Guiné-Bissau e Cabo Verde (os países onde o “Ensino Lusófona” está presente), se reúnem e ao mesmo tempo se separam, fazendo-se iguais, ao mesmo tempo que diferem uns dos outros, pois são unos sendo a si e sendo outros constantemente. Isto porque, o objetivo das Instituições de Ensino Superior que fazem parte do Ensino Lusófona é o de formar profissionais e cidadãos competentes, empreendedores, éticos e conscientes da importância da educação para a transformação social e a construção de uma carreira de sucesso. Dessa forma, a prioridade destas instituições é o desenvolvimento de um projeto pedagógico atualizado, e toda a sua atuação tem como base valores como: qualidade de vida, protagonismo social, solidariedade, competência, respeito, inclusão e tolerância.

No Brasil, O Ensino Lusófona conta com unidades em três estados brasileiros: Faculdade Lusófona do Rio de Janeiro – FL/RJ, Faculdade Lusófona da Bahia – FL/BA e Faculdade Lusófona de São Paulo – FL/SP, onde os estudantes, além de terem acesso a um ensino de altíssima qualidade, têm a oportunidade de fazer um intercâmbio entre as universidades que pertencem à mesma mantenedora, o que amplia seus horizontes e repertório cultural, enriquece seu currículo e amplia a sua visão de mundo, contribuindo diretamente com a sua formação individual e profissional.

Salienta-se o reconhecimento das Instituições Lusófonas ao valor da Educação Superior ao se destacar a importância deste nível educativo entre os serviços que o Grupo Lusófona presta à sociedade, especialmente por:

. Permitir aos jovens e adultos o acesso à formação superior.

. Contribuir para a mobilidade social através dos sistemas de bolsas que atendem aos estudantes em diversas situações de necessidade.

. Contribuir para a transformação social, a construção dum mundo mais justo e a redução da pobreza através da formação de profissionais socialmente responsáveis, mas também mediante a investigação e a extensão da cultura e dos serviços que impactam diretamente no seu contexto social.

. Oferecer possibilidades de colaboração com as demais instituições  de educação “Ensino Lusófona” tais como a formação e atualização de docentes, pesquisa e inovação pedagógicas de difusão da cultura, entre outras.

. Oferecer possibilidades de pesquisa e transferência de conhecimento em assuntos de interesse institucional.

Aqui se registra que o “Ensino Lusófona” está intrinsecamente vinculado à vida e ao bem-estar biopsicossocial de seus estudantes, porque parte de experiências vitais e porque prepara para a inserção exitosa na sociedade, especialmente no âmbito laboral. A partir das realidades do contexto e das necessidades particulares destes mesmos estudantes, as Instituições de Ensino Superior “Ensino Lusófona” preparam o cidadão e o profissional. Isto porque, a educação que têm como marca indelével o “Ensino Lusófona” apresenta uma práxis sequencialmente bem definida, onde a observação é constante e avaliações permanentes, com foco no indivíduo de forma sistêmica e processual.

As Faculdades Lusófona vêm se consolidando como instituições de ensino de referência no Brasil, especialmente nos estados de sua representatividade: Rio de Janeiro, São Paulo e Bahia, visando sempre oferecer um ensino de qualidade e excelência.

A todos que escolheram estudar, fazer a sua graduação e iniciar este desafio profissional em nossa casa, orgulhem-se na certeza de que é esta uma das melhores faculdades da nossa cidade e do Estado, por seus altos níveis acadêmicos.

Aqui, nossos estudantes experimentam um ambiente fantástico, não só no inter-relacionamento com a Instituição, com a direção, com os professores e demais colaboradores, com os saberes, mas também com tudo aquilo que irá começar a despertar sua a visão do Futuro, a visão do empreendedorismo, a visão do realizar e do fazer acontecer em suas trajetórias de vida e profissão.

Quero parabenizá-los por esta escolha e dizer que a casa está à disposição.

Sejam muito bem-vindos! Estamos aqui para oferecer a vocês aquilo que somos e temos, visando que a sua formação seja a melhor. E ela será!

Profa. Dra. Ana El Achkar

Diretora Acadêmica da

Faculdade Lusófona do RJ